Mendes nega acordão com MDB

Pré-candidato afirmou que só aceitará indicações de secretários com competência técnica

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O pré-candidato a governador Mauro Mendes (DEM) emitiu nota à imprensa negando qualquer “acordão” para conseguir o apoio do MDB. Segundo o jornal A Gazeta, ele acertou com Carlos Bezerra (MDB) que entregaria ao partido duas grandes secretarias de “porteira fechada” – com todos os cargos comissionados a serem preenchidos por indicação da sigla –, além de indicar membros do partido para vagas no Tribunal de Contas do Estado (TCE) e no pleno do Tribunal de Justiça.

“Quero dizer ao povo de Mato Grosso que não houve qualquer entendimento para que o MDB ou qualquer partido que possa apoiar a nossa pré-candidatura venha a indicar quatro secretarias na hipótese de eu ser eleito governador de Mato Grosso”, afirmou Mendes. “Não vamos negociar nenhuma secretaria nem com o MDB nem com qualquer partido. Se tivermos a honra de sermos eleitos ao Governo de Mato Grosso, serão indicados apenas secretários com competência técnica para os cargos”, completou.

O pré-candidato a senador Carlos Fávaro (PSD) também desmentiu a reportagem, e negou a possibilidade de se filiar ao MDB depois da eleição. “É uma informação absurda. Ajudei a reconstruir o PSD, estamos comprometidos com presidente nacional Gilberto Kassab e todas as lideranças do Estado“, afirmou. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) também negou qualquer acordo para indicação ao TJ, e afirmou, em nota, “que não admitirá ser utilizada como moeda de troca, sendo que ninguém, exceto àqueles investidos legalmente em sua direção, pelo voto direto dos advogados e advogadas de Mato Grosso, pode falar por ela”. A direção do MDB também negou o acordo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem é preso andando pelado em rodovia de Mato Grosso
Próximo artigoCondenado por tráfico, foragido da cadeia é encontrado com 3 quilos de maconha