Mendes entra na Justiça Eleitoral contra Taques e ganha direito de resposta

Representação foi movida por conta de uma inserção do programa eleitoral gratuito

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador e candidato à reeleição Pedro Taques (PSDB) perdeu na Justiça Eleitoral tempo de seu programa eleitoral de TV e de rádio, além do pagamento de multa no valor de R$ 60 mil. Na TV o tucano vai ter que dar um minuto de direito de resposta ao concorrente Mauro Mendes (DEM).

O pagamento da multa se deu pelo fato de Taques descumprir decisão judicial e a perda de tempo porque o juiz eleitoral Jackson Coutinho entendeu que o governador utilizou em seu programa uma matéria considerada “fake news” (notícia falsa) para prejudicar o democrata.

Apesar de ser duas decisões, o motivo é o mesmo. A propaganda eleitoral de Taques afirma que Mauro teria firmado um acordo envolvendo “cifras milionárias e o fatiamento de futuros cargos em secretarias”. Além disso, foi acrescentado apoios que teriam sido firmados entre o ex-prefeito de Cuiabá e políticos durante a campanha eleitoral, como o deputado federal e candidato à reeleição Carlos Bezerra (MDB).

Em uma das decisão, o juiz disse que “o eleitor médio que tiver acesso às informações divulgadas no programa eleitoral gratuito poderá crer que o representante [Mauro Mendes] está praticando algum ilícito que, diga-se de passagem, não se comprovou-se nesses autos”.

O magistrado ainda destaca que com a propaganda assumiu a natureza de “fake news”. “Ou seja, a manipulação de informação a fim de prejudicar um candidato com fins eleitorais. Perceptível o prejuízo ao Representante em decorrência das informações”.

O direito de resposta deverá ser exercido no tempo de um minuto, no início do programa eleitoral e no mesmo horário em que foi originariamente veiculado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMato Grosso será sede da Conferência Anual da Aliança Internacional da Carne
Próximo artigoBebê de um ano morre com sintomas de catapora em Cuiabá

O LIVRE ADS