Mendes e Jayme como suplentes

Ex-democratas vão compor o primeiro grupo de direção do União Brasil, formado da fusão com o PSL

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O governador Mauro Mendes e o senador Jayme Campos serão suplentes na direção do Aliança Brasil, partido formado da fusão do DEM e PSL. Os nomes para a diretoria foram escolhidos no evento desta quarta-feira (6), em Brasília, que oficializou a fusão. 

O União Brasil será comandado pelo deputado Luciano Bivar, ex-presidente do PSL, com o governador ACM Neto, ex-presidente do DEM, como primeiro-secretário. 

No seu discurso, Mauro Mendes afirmou que a fusão entre partidos é “inevitável” por causa do “excesso” de legendas partidárias hoje existentes no Brasil.  

Em Mato Grosso, a tendência é que o novo partido seja comandado pelos agora ex-democratas. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCattani afirma que apoiará candidato ao governo que tiver aval de Bolsonaro
Próximo artigoCuiabá começa a aplicar doses de reforço em profissionais da saúde e idosos