Mendes critica ONGs

Governador diz que ONGs atrapalham o desenvolvimento da produção

Tchelo Figueiredo/Secom-MT

Do início do seu mandato até agora, o governador Mauro Mendes (DEM) escolheu a visita do presidente Jair Bolsonaro (PSL) a Mato Grosso para fazer o seu discurso mais “à direita” até momento. Mendes que trocou o socialista PSB pelo DEM no ano passado, defendeu a livre iniciativa, os ganhos de capital e um estado que possa ser ‘menos atrapalhador’ e mais indutor do crescimento.

O governador democrata destacou que Mato Grosso é campeão na produção agrícola nacional produzindo em apenas um terço de seu território, deixando dois terços como foi encontrado nos tempos de Pedro Álvares Cabral, o descobridor do Brasil.

Para Mendes, as ONGs de proteção ambiental atrapalham o desenvolvimento da produção. Mendes diz que as entidades internacionais são, muitas vezes, financiadas por fazendeiros de outros países, que em sua nação nunca se preocuparam com a preservação do meio ambiente.

A declaração do governador é polêmica e foi feita durante a cerimônia do programa Juntos pelo Araguaia, que visa recuperar a bacia do rio Araguaia. O lançamento do programa foi nesta quarta-feira (05), Dia Mundial do Meio Ambiente.  

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMais de 300 toneladas de milho são apreendidas em Alto Araguaia
Próximo artigoBotelho anuncia calendário de votação da LDO de 2020