Medidas restritivas devem ser suspensas dia 1º em Cuiabá, diz prefeito interino

Município deve seguir a tendência de outras cidades e suspender proibições com o avanço da vacinação contra a covid-19

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

O prefeito interino de Cuiabá, Roberto Stopa, disse nesta terça-feira (26) que as medidas restritivas de biossegurança serão suspensas a partir do dia 1º de novembro. Devem permanecer a exigência de uso de máscara e álcool em gel. 

“O toque de recolher vai ser suspenso na próxima segunda-feira (1º). Eu assinei ontem o decreto e as medidas serão suspensas. Vão continuar o uso da máscara e do álcool em gel, não haverá mais a proibição de funcionamento com horário do toque de recolher”, disse ele em entrevista à rádio Capital. 

Conforme a assessoria de imprensa da prefeitura, o decreto ainda não fui publicado e não tem data prevista. Contudo, deve ocorrer até o próximo fim de semana.  

O decreto em vigor proíbe a circulação de pessoas e o funcionamento do comércio entre às 2h e às 5h. A medida foi renovada no dia 18. Em nível estadual, a exigência está restrita, desde o começo deste mês, ao uso de máscara. 

Em entrevista recente ao Livre, o prefeito afastado Emanuel Pinheiro disse que deve autorizar as comemorações de fim de ano, no Natal e no Ano Novo, com a realização de eventos.

LEIA TAMBÉM:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVilla Gourmet: Cuiabá ganha novo empório e buffet com decoração ‘instagramável’
Próximo artigoYouTube derruba live e suspende canal de Bolsonaro