Médico é preso por venda de atestados falsos para vacinação

O médico vendia atestados falsos por 20 reais, para que pessoas fossem vacinadas antes da hora no Rio de Janeiro

(Foto: RF._.studio / Pexels)

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu nessa quinta-feira (27) um médico suspeito de vender atestados falsos. O documento falsificado foi usado por diversas pessoas para furar a fila da vacinação contra a covid-19.

O médico foi preso em uma clínica localizada no bairro de Pilares, na zona Norte do município do Rio de Janeiro.

De acordo com os policiais, cada laudo fraudado era vendido por R$ 20 e era emitido com uma falsa comorbidade para o cliente ser enquadrado nos grupos prioritários da vacinação.

Outros casos pelo país

Desde o início da vacinação, polícias de diversos estados investigam outros casos de falsos atestados pelo país.

Em Cuiabá, a polícia civil já investiga ao menos treze pessoas acusadas de furar a fila para se vacinar antes do permitido.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEx-esposa e filho são presos por mandar matar empresário por causa de herança
Próximo artigoAvô alcoolizado deita em cima de neto de um mês e quebra fêmur de bebê