Médico é preso em MT acusado de estuprar duas sobrinhas

Uma das vítimas sofreu abusos sexuais desde que tinha seis anos de vida

Imagem ilustrativa

Um médico de 39 anos foi preso pela Polícia Civil nessa sexta-feira (23) em seu local de trabalho, em Marcelândia (640 km de Cuiabá), acusado de abusar sexualmente de duas sobrinhas.

O caso começou a ser investigado pelo delegado de Barra do Bugres, Rodolpho Bandeira, depois que a mãe das vítimas procurou a Polícia Civil, na primeira quinzena do mês de abril deste ano, para denunciar que as duas filhas sofreram abusos sexuais por parte do suspeito.

A mãe narrou aos policiais que estranhou o comportamento da filha mais nova e ao perguntar, a vítima disse que tinha sido abusada pelo tio e que a última vez foi em dezembro passado, mas que já ocorrera em ocasiões anteriores, desde que ela tinha seis anos.

Ao saber do que aconteceu com a caçula, a mãe comentou os fatos com a filha mais velha, que após saber dos abusos sofridos pela irmã tomou coragem e também contou que quando tinha aproximadamente 12 anos fora abusada sexualmente pelo suspeito.

As duas vítimas foram ouvidas na delegacia.

Após o cumprimento do mandado de prisão, o suspeito foi encaminhado a uma unidade prisional da região, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário para apresentação em audiência de custódia.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBandidos tentam roubar vacinas de depósito em Cuiabá
Próximo artigoAmizade desbloqueada