Médico denuncia “manobra” para aumentar número de vítimas da covid-19

Profissional afirma ter provas de que mortes causadas por outros motivos estão recebendo atestado de óbito por coronavírus

(Foto: Reprodução)

O médico Wagner Malheiros, especialista em pneumologia, usou as redes sociais nesta segunda-feira (27) para denunciar um suposto pretexto do governo do Estado para, segundo ele, aumentar o número de vítimas da covid-19.

Em um vídeo, o profissional afirma ter provas de que mortes causadas por outros motivos estão recebendo atestado de óbito por coronavírus.

Wagner afirma ter sido procurado pelo parente de um paciente que morreu recentemente, em Cuiabá. A causa da morte, segundo ele, foi um tromboembolismo pulmonar maciço, comprovado por exames.

De acordo com o médico, a doença tem grandes repercussões cardíacas e leva também à insuficiência respiratória. No atestado de óbito, a doença no pulmão foi apontada como a causa da morte.

Morte por outra causa usada como Coronavirus. Com provas

Posted by Wagner Malheiros on Monday, April 27, 2020

Após a morte, porém, um exame testou positivo para o coronavírus no paciente e foi isso,  segundo o médico, que fez ele entrar para a estatística da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) de mortes causadas pela covid-19.

“Isso é muito sério, um absurdo, é dantesco. A SES está usando esse paciente, talvez para justificar todas essas medidas escalafobéticas que estão sendo tomadas para combater uma pandemia, igual a um Dom Quixote enfrentando um moinho”, declarou.

Na internet, o médico também faz uma breve explicação: “95% ou mais dos paciente vão ser pouco sintomático ou quase assintomático. Você pode estar com coronavírus, ter um infarto e morrer. A causa da morte é o infarto e não o vírus”, explica.

Responsabilidade dos municípios

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde informou que “as Secretarias Municipais de Saúde são as responsáveis por notificar o Estado sobre os casos confirmados de COVID-19 e os óbitos em decorrência do coronavírus”.

“Diante disso, a SES informa que atua no monitoramento e acompanhamentos dos casos, de forma a consolidar o boletim divulgado diariamente no site do órgão estadual. Isto é, as Secretarias Municipais atestam as mortes por coronavírus com base nas Declarações de Óbito dos pacientes”.

Clima de histeria

Para Wagner, que defende a reabertura do comércio e a volta à normalidade, os gestores públicos criaram um clima de histeria coletiva.

“E eu acredito que algumas pessoas estejam se aproveitando disso. Há denúncias de superfaturamento em compra de aparelhos. Estão gastando um dinheiro que não tem volta”, afirma.

O médico ainda critica a construção de novos leitos de UTI no Hospital Metropolitano de Várzea Grande, que deve atender pacientes com covid-19.

“Isso é um gasto desnecessário. Vão gastar essa fortuna, estamos sem arrecadação e o Estado está quebrando”, finaliza.

(Atualizada às 08h57)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

7 COMENTÁRIOS

  1. Esse é Bolsonarista de carteirinha. Tivesse má fé da SES não teríamos 11 mortes no Estado, sendo apenas 2 em Cuiabá. Provavelmente ele deve achar que é uma gripezinha que está assolando Manaus, SP, RJ, onde as síndromes respiratórias aumentaram em 2.500% se comparada ao mesmo período dos anos anteriores.

  2. Dantesco eh esse seu posicionamento! Manobra eh oq o senhor está tentando fazer, prestando um desserviço a população, tentando confundir quem nao tem conhecimento técnico! Aloooo conselho de Medicina se posicionem quanto a essa matéria absurda!!!! Ele nao deve ter estudado a fisiopatologia do vírus jah publicada ou tem muito interesse em tentar confundir os leitores. Esse senhor esta indo na contramão de tudo… insano!!! Estamos em uma pandemia, onde eh fundamental conhecer os números reais da COVID, o vírus causa uma série de eventos no organismo que podem levar a morte, mas ele nao quer que se declare a covid como causa, ele eh contra notificar, ele quer esconder??? Qual eh o interesse disso????

  3. Para quê? Essa é a pergunta!
    Com quais intenções um homem que se diz médico faz uma fala dessa?
    E esse site, como justifica uma”reportagem” dessa?
    Parem de ser medíocres, tanto o dito médico quanto o site!
    Leiam as matérias científicas, verifiquem as estatísticas, comparem os artigos que trazem a manifestação dos muitos sintomas.
    Vocês são de uma baixeza inominável.

  4. Concordo plenamente! Os 700 mil gastos em compras sem licitação em papel higiênicos em Rondonópolis, até agora nada. A doença existe, mas há um exagero principalmente da mídia nisso tudo. E em MT não é tudo isso a doença. Outros médicos já falaram isso, não é o primeiro e quem melhor do que eles que estão nos hospitais e estão vendo.

  5. Dr. Wavner…pirque entao nao prexcrdvem ZINCO para diminuir internaçies e paralisar a mjltiplicacao viral ? Porque nao falsm do melhor antibiotico do mundo antiviral…PRATA COLOIDAL . Tao facil aumentar a proteção e com baixo custo !
    60 cápsulas de zinco 500 mg custa para mim 25 reais.
    Porque pneumologistas nao indicam profilaxia de trombodmbolidmo pulmonar e falencia hepatica atraves da ANTIGA DA MEDICINA…ACETILCISTEÍNA ?Tabagistas e hipertenso terism maid chances de sobreviver.. quslquer um que oriteger seu pulxmo e figado com NAC nessa quarentena.O antidoto de overdose de paracetamol tambem seria um protetor do figado com certeza minimizando a toxidade de antibióticos e cloroquina .
    Estão usando injeções de sulfato de zinco nos internados por COVID 19 ?

    QUERO SABER MAIS SOBRE PROTOCOLO APLICADO NO SUS E PRIVADOS. Grata
    .Enfermeira especialista.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior11ª morte pela covid-19 em MT
Próximo artigoMapa permite que você conheça como era seu endereço na Terra milhões de anos atrás

O LIVRE ADS