Médico confessa superfaturamento em contrato da prefeitura e assina acordo

Médico deverá pagar R$ 338 mil de danos causados aos cofres públicos por fraude em contrato de R$ 1,2 milhão

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

O médico André Hraoui Dualibi assinou acordo com o Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPFMT) com a confissão de que praticou sobrepreço em contrato assinado com a Prefeitura de Cuiabá. 

O acordo de não persecução cível, espécie de delação premiada no âmbito civil para encerrar ação de improbidade administrativa, foi assinado no dia 26 de janeiro e protocolado na segunda-feira (7) na 3ª Vara Federal Cível para aprovação. 

O documento diz que o médico se compromete a devolver R$ 338 mil aos cofres da prefeitura, como correção de danos públicos causados pelo superfaturamento na prestação de serviços. O valor está corrigido até janeiro deste ano. 

Conforme o MPF, a negociação do acordo foi proposta pelo empresário André Dualibi. As condições impostas pelo órgão foram o pagamento dos danos e a proibição de firmar novo contrato com o Poder Público, direta ou indiretamente, pelo tempo de 8 anos. 

O médico é dono de uma empresa que presta consultas psiquiátricas. Ela foi contratada em março de 2020 pela Secretaria de Saúde de Cuiabá para o acompanhamento de profissionais na linha de frente de combate à covid-19. 

O contrato foi assinado ao preço de R$ 1,2 milhão, com dispensa de licitação. Em julho do mesmo ano, a Justiça Federal mandou a prefeitura suspender o contrato após a apresentação de indícios, pelo MPF, de superfaturamento. 

Na época, a Justiça multou o então secretário de Saúde, Luiz Antônio Pôssas, o de Planejamento e Operações, Milton Corrêa da Costa Neto, e o secretário-adjunto de Gestão, João Henrique Paiva, além do médico André Dualibi. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTCE dá início às reuniões virtuais de apresentação de resultados de 2021 do planejamento estratégico dos municípios
Próximo artigoSemob realiza leilão de veículos apreendidos ou removidos