Medeiros e a democracia

Deputado acha que antes de tudo é preciso respeitar votos recebidos por Selma

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Esquecendo-se de que o Tribunal Regional Eleitoral é uma instituição criada justamente para salvaguardar a democracia, o deputado federal José Medeiros (Pode-MT) postou em suas redes sociais uma mensagem de apoio à senadora Selma Arruda (PSL-MT), que teve seu mandato cassado pelo Corte Eleitoral na semana passada. Foram 7 votos a zero pela cassação.

Na mensagem de apoio Medeiros pede “respeito à democracia” e aos mais de 678 mil votos recebidos por Selma Arruda no pleito de 2018 e diz que já foi ‘vítima’ do mesmo processo pelo qual passa a senadora de Mato Grosso.

Medeiros chegou a ser cassado pelo TRE por irregularidades na campanha do então senador Pedro Taques, em 2010, quando houve fraude na ata de escolha do membros da chapa de Taques ao Senado Federal.

Caso a senadora seja realmente cassada, Medeiros é um dos cotados para disputar a vaga. Ele assumiu o Senado em 2015, depois da saída de Pedro Taques que foi eleito governador do Estado. Em 2018, Medeiros foi candidato a deputado federal e foi o segundo mais votado, com mais de 82 mil votos. Ele é o vice-líder do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na Câmara dos Deputados.

Confira o post do deputado:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMaia diz que reforma da Previdência deve passar pela CCJ esta semana
Próximo artigoLena Headey protestou contra cena de Cersei na estreia de Game of Thrones

O LIVRE ADS