MDB convita Pivetta e não descarta romper com Mauro Mendes

Partido não aceita que o governador defina reeleição nas proximidades das convenções e fará debate com prefeitos em agosto

A deputada estadual Janaína Riva revelou que o MDB convidou formalmente o vice-governador Otaviano Pivetta a filiar-se ao partido.

A ideia é tê-lo como uma alternativa nas articulações que serão feitas para as eleições de 2022.

“O Pivetta tem mais perfil de gestor e a ideia é mantê-lo como vice-governador. Pela capacidade e experiência, tem nome para ser governador e até senador. Nós estamos trabalhando para isto dentro do MDB”.

A expectativa é que resposta saía até o final deste ano. “O Pivetta disse que só responde em dezembro e nós vamos aguardar. Como a política é dinâmica, pode ser que tenhamos até uma resposta antes disso”, declarou.

Chances de rompimento

A parlamentar ainda revelou que o MDB não assegura ser plenamente favorável à reeleição do governador Mauro Mendes (DEM), mesmo com o partido integrando a base governista.

“O partido não sabe se vai manter a aliança com o Mauro Mendes. Existe um distanciamento dele com o deputado federal Carlos Bezerra e a indefinição do governador de ser candidato ou não. O MDB é um partido com grande número de filiados e que faz política. São muitos filiados e deputados e não podemos deixar o futuro do partido na mão de uma única pessoa”.

Janaina Riva ainda deixou claro que o apoio do MDB não vai aceitar que o governador Mauro Mendes decida pela reeleição nas proximidades das convenções partidárias programadas para agosto conforme a legislação eleitoral.

“Está fora de cogitação permanecer na base aliada e deixar o governador decidir se é candidato ou não somente em junho. Isso está fora de cogitação e é um consenso do MDB”.

Desde que deixou o PDT no segundo semestre de 2020, o vice-governador Otaviano Pivetta é sondado por diversos partidos. Um dos empresários mais bem sucedidos do agronegócio em Mato Grosso, Pivetta também é ex-prefeito de Lucas do Rio Verde (334 km), município que apresenta o melhor Idh (índice de Desenvolvimento Humano de Mato Grosso), conforme as estatísticas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Discussão interna

Para evitar qualquer rompimento no partido para as eleições de 2022, o MDB já planeja uma ampla reunião com todos os prefeitos do partido em Mato Grosso para discutir as composições políticas e partidárias.

No debate, os prefeitos poderão se manifestar a respeito de permanecer ou não na base de apoio à reeleição do governador Mauro Mendes.

“Em agosto queremos uma reunião com os prefeitos e será primordial para decidir o futuro. Vamos discutir o rumo, se os prefeitos desejam permanecer na base. As alianças políticas são renováveis e o MDB quer sentar e discutir”, explica.

A deputada Janaína Riva nega que o desejo do MDB seja só reivindicar cargos na administração estadual, mas a sobrevivência do partido a partir das eleições de 2022. “Não se discute cargo. Queremos discutir participação política e o fortalecimento do MDB a partir das eleições gerais”, conclui.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSES avalia encurtar esquema de vacinação para 70 dias contra variante Delta
Próximo artigoPor que escuto, mas não entendo?