Max Russi apresenta projeto que inclui o nome do corretor nas escrituras

Proposta atende pedido do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) feito em 2021.

ASSESSORIA

O Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Deputado Max Russi (PSB), recebeu nesta quarta-feira (19/05), a diretoria do Sistema CRECI-COFECI para apresentar o Projeto de Lei Nº 272/2021, que obriga os cartórios incluírem o nome do corretor de imóveis nas escrituras públicas. A proposta atende pedido do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 19ª Região (CRECI/MT).

O PL visa a segurança dos negócios jurídicos, com a identificação não só das partes envolvidas, mas também do seu intermediador, dando transparência ao mercado imobiliário, e garantindo ao corretor proteção especial, no que tange ao direito à percepção de seus honorários. Caso não tenha havido intermediação de pessoa física ou jurídica na negociação imobiliária, este fato também deverá constar na escritura pública.

A diretoria do Sistema CRECI-COFECI avaliou positivamente a iniciativa do parlamentar. “Agradecemos o deputado por atender nosso pleito. É uma reivindicação da gestão do Conselho, que almeja a identificação do profissional nas transações imobiliárias, para que possa atender o anseio da sociedade e dos corretores de imóveis. A proposta vai tranquilizar todos os envolvidos, pois permite a segurança jurídica na transação imobiliária. É uma simples declaração em escritura, que vai trazer grandes benefícios aos envolvidos. Esperamos que o projeto seja aprovado quanto antes”, destacou o Diretor Jurídico do CRECI, Alex Vieira Passos.

O parlamentar explicou a diretoria que fará uma conversa, junto aos demais deputados, para reforçar a importância da nova medida, e que posteriormente vai reunir com o governador juntamente com a diretoria do CRECI para defender o projeto. “A pauta é importante, e é um pedido da categoria, através do Conselho de classe. No passado o projeto foi apresentado, mas não foi adiante. Então, a pedido do presidente do CRECI Benedito Odário, fizemos melhorias e adequações ao projeto. Acredito que teremos apoio do parlamento, pois a proposta é relevante. Além de gerar impostos vai trazer segurança e valorização do profissional que trabalhou para o negócio ser efetivado”, pontuou Russi.

Segundo o presidente do CRECI, Benedito Odário, o deputado está auxiliando a classe com esse projeto. “Estamos pleiteando este ganho aos corretores de imóveis. O projeto está em andamento no parlamento e a diretoria do CRECI vai acompanhar passo a passo para garantir celeridade na aprovação”, ressaltou.

O PL foi lido em sessão plenária do dia 28/04 e segue em tramitação na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Proposituras similares ao PL foram inseridas no ordenamento jurídico de outros estados, como, por exemplo, a Lei Nº 19428 de 15 de março de 2018, do Estado do Paraná.

Hoje são aproximadamente 12 mil inscritos no Conselho, e cerca de 7 mil profissionais corretores de imóveis atuando no estado de Mato Grosso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior2ª infecção
Próximo artigoGoverno ainda pretende desativar Centro de Triagem na Arena Pantanal?