Mauro Mendes diz que já se sentiu ameaçado por Pedro Taques

Pré-candidato disse que recebeu recados de interlocutores que estiveram com o governador

O pré-candidato a governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que já foi indiretamente ameaçado pelo governador Pedro Taques (PSDB), seu ex-aliado e provável concorrente na disputa pelo governo estadual nas eleições deste ano. As ameaças nunca foram diretas, no entanto. Segundo Mendes, foram por meio de interlocutores.

“Diretamente não. Mas já escutei dezenas de pessoas que estiveram com ele e ele fez ameaças não só a mim, mas também a dezenas de pessoas. Isso é fato”, afirmou Mendes ao LIVRE.

No entanto, ele não detalhou o que Taques teria dito. “Foram ameaças do tipo ‘eu destruo, eu arrebento, eu faço, eu aconteço’. Como se isso fizesse a mim e a outros correrem de um debate eleitoral”, declarou.

Ele disse que nenhum dos recados mandados pelo governador o fez desistir de ser candidato. “Não tive medo. Não tenho medo. Estou aqui de cabeça erguida para fazer um bom debate sobre Mato Grosso. Até agora não fiz nenhum ‘mimimi’ sobre ele, nenhum ataque pessoal ou familiar, ou de coisas que não interessassem aos mato-grossenses”, completou.

Em março, durante evento do DEM com a presença do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, Mendes já havia sinalizado que estaria sofrendo ameaças. Porém, na ocasião, não confirmou se estava se referindo a Taques.

“Não podemos viver num estado onde a ameaça é a principal arma da política”, disse ele, naquela data.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAnac: mais de 100 milhões de pessoas viajaram de avião no último ano
Próximo artigoBebê que nasceu em rodovia após mãe ter abdômen rompido em acidente recebe alta