Mauro está indeciso

Candidato do DEM evita declarar apoio a Bolsonaro

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O candidato a governador Mauro Mendes (DEM) desconversou ao ser questionado se acompanha a decisão do vice na sua chapa, Otaviano Pivetta (PDT), que já declarou apoio a Jair Bolsonaro (PSL) em caso de segundo turno entre ele e o candidato do PT, Fernando Haddad, na disputa pela Presidência da República. “Pivetta é um homem livre”, limitou-se a dizer.

Mauro afirmou à imprensa que está dentro da parcela de brasileiros que ainda estão indecisos sobre quem votar. “Confesso a vocês que, nesse período eleitoral estive muito focado nas eleições de Mato Grosso, na nossa campanha, não vi ainda nenhuma entrevista, debate, propaganda eleitoral ou plano de governo dos candidatos à presidência. Então me encontro naquele grande contingente de eleitores que ainda está indeciso para presidente da República. Mas até o dia 7 certamente vou me decidir e votar”, afirmou.

Por outro lado, o governador Pedro Taques (PSDB) não titubeou ao ser questionado sobre o apoio no segundo turno e se alinhou ao presidenciável do PSL. Ele disse que, se Alckmin ficar de fora do segundo turno, ficará ao lado de Bolsonaro, para não apoiar o PT.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça manda Estado regularizar repasse de ICMS; Governo nega irregularidade
Próximo artigoMelhores bares em Cuiabá: conheça cinco destaques da Veja