Mato-grossense entra na mira da PF por supostas ameaças a ministros do STF

Morador de Paranatinga é investigado por ameaça ao ministro Alexandre Moraes

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Um mato-grossense identificado como Ezequiel Souza Lopes foi alvo de mandado de busca e apreensão no município de Paranatinga (330 km de Cuiabá) por conta de supostas ameaças a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e seus familiares.

A Polícia Federal cumpriu a ordem expedida pela Justiça Federal de Mato Grosso nessa terça-feira (22).

A Operação Shield foi deflagrada pela PF para reunir supostas provas de ameaças. O investigado se identifica nas redes sociais como Ezequiel Souza Lopes.

Por ordem judicial, os perfis do investigado em redes sociais foram bloqueados.

O ministro do STF Alexandre de Moraes é o relator de um inquérito instaurado “de ofício” em março do ano passado pelo então presidente do Supremo, Dias Toffoli, a fim de apurar ameaças a ministros do Supremo.

A operação realizada nesta terça em Mato Grosso não tem relação direta com o inquérito que tramita no Supremo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSuzane von Richthofen deixa a prisão em “saidinha de Natal”
Próximo artigoNova função