Materiais básicos para construção

Imagem: Freepik

Decidir construir uma casa envolve diversas etapas e diversas ações que precisam ser tomadas para que o que foi idealizado de fato possa ser implantado. Desde uma análise minuciosa do terreno – assim como a própria escolha do terreno, sondagem de solo a elaboração do projeto arquitetônico, a delimitação de orçamento e a compra dos materiais de construção.

Imagem: Freepik

Mas, independentemente de qual o tamanho da casa, existem alguns materiais básicos para qualquer obra – e existem também etapas fundamentais pelas quais qualquer construção irá passar.

Tudo começa pela estrutura, que é a sustentação da casa, formada pela fundação, pilares vigas e lajes. Por ser a base da casa, os materiais para esta etapa precisam ser de extrema qualidade, para que a obra não apresente nenhum risco de cair, desmoronar no futuro – e também para que, durante a própria etapa de construção, a obra não represente um perigo para os trabalhadores.

Imagem: Freepik

É preciso ir atrás de blocos de concreto, areia, pedra brita, vergalhões, cimento, argamassa, areia, forma de madeira, pregos e escoras.

Após a estrutura, vem a alvenaria, um conjunto de tijolos, pedras e blocos das paredes. Ela pode ser convencional ou estrutural. A convencional tem por objetivo a vedação e é feita por meio de concreto armado. Uma vez pronta, é preciso rasgar a parede para inserir instalações hidráulicas e elétricas. Já a estrutural é a própria estrutura da obra e não precisa de armações de ferro e aço.

Cimento, graute, areia, blocos de concreto ou tijolos, vergalhões, caixas de luz, tubos de PVC, quadro de distribuição, argamassa para chapisco, emboço e reboco são alguns dos materiais a serem utilizados no processo de alvenaria.

Imagem: Freepik

Para a terceira etapa, de cobertura, é preciso ter telhas, madeira, vigões, pregos, caixa d’água, calhas, rufos, caibros, manta térmica e outros materiais que ajudem na proteção e cobertura da casa.

A quarta etapa é o acabamento, que tende a ser a mais cara e a mais demorada, uma vez que engloba, entre outras coisas, o assentamento de revestimentos de pisos, paredes e forros, finalização de instalações elétricas e a pintura. Os materiais podem variar de acordo com o projeto arquitetônico, mas, em geral, é preciso: argamassa, revestimentos, pisos, azulejos, rejunte, pincéis e rolo para pintura, tinta, metais e louças sanitárias, esquadrias, janelas, portas, interruptores, mobiliário e decoração.

Imagem: Freepik

Estes são os materiais básicos, mas, tudo irá variar de acordo com o que for pensado para sua casa!

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVanguard entrega Upper Parque das Águas com live da banda Heróis de Brinquedo
Próximo artigoNatural do Cerrado: conheça uma castanha “nova” que pode ser usada em receitas