Massagista que processava Kevin Spacey morre misteriosamente

Com a morte do massagista, a ação deve ser arquivada, livrando Spacey de seu segundo processo

Os processos por assédio movidos contra o ator Kevin Spacey  tiveram outra reviravolta. O massagista que acusava o ator numa das ações morreu. Até o momento, a causa da morte é desconhecida.

A informação foi divulgada pelo advogado de Spacey, que informou que a pessoa que o processou “morreu recentemente”.

Nenhum detalhe adicional foi fornecido.

A Justiça americana solicitou mais informações para o advogado do massagista, que permanece anônimo no processo, mas ainda não obteve retorno.

Com a morte do massagista, a ação deve ser arquivada, livrando Spacey de seu segundo processo.

Um jovem que acusou o ator de tê-lo assediado em 2016, quando era menor, abandonou outro processo sem maiores justificativas.

O advogado desse caso disse apenas que seu cliente apresentou documentos para retirar voluntariamente a ação em que acusava Spacey de “comportamento sexual explícito e conduta impudica e lasciva”. A ação civil foi descartada de forma tal que não poderá ser retomada mais tarde.

Spacey planeja retomar sua carreira em Hollywood após todas as denúncias de assédio sexual e estupro virem à tona em 2017. Desde então, o ator foi jogado ao ostracismo se afastando do cinema americano e dos holofotes, enquanto lida com os processos.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFinal alternativo de Homem de Ferro citava Hulk e X-Men
Próximo artigoPF prende mulheres que filmavam e vendiam vídeos de estupro dos filhos na Deepweb