Marketing Digital para pequenas empresas

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2018, 69,8% da população brasileira possui acesso à internet, que tem se constituído, cada vez mais, como um espaço aberto para pessoas que querem interagir, buscar conhecimento e também estabelecer negócios – e aqui podem ser negócios digitais ou fazer o bom uso da internet para alavancar negócios físicos.

Com esse vasto campo aberto para empreendedores, a internet se torna então uma ferramenta de baixo custo para qualquer tipo de empresário e um trunfo para pequenas empresas, que podem se fazer valer de diversos recursos para atrair, converter e fidelizar clientes. O físico ainda é importante, as ações mais palpáveis ainda são válidas em diversos estabelecimentos, mas, andar junto com o digital pode garantir uma série de coisas.

É preciso levar em conta ainda que o hábito de consumir mudou, e envolve, quase sempre, aquela rápida pesquisa pelo Google, para garantir que a loja X de fato tem algo mais em conta para oferecer, ou ainda para entender melhor se determinado produto realmente vai cumprir a função esperada.

E para uma pequena empresa entrar neste mundo, os passos não diferem muito do que qualquer outra empresa precisa fazer: é preciso entender quais os canais onde se encontram seus consumidores – e onde estão seus concorrentes – e marcar presença onde de fato irá agregar para o negócio.

Uma outra coisa extremamente válida são os anúncios – não, eles não precisam ser extravagantes e nem com valores absurdos. Podem ser pequenos valores, voltados para diversos públicos – é preciso quebrar essa ideia de que anúncios serão caros e inúteis. Dez reais podem fazer muita diferença para algum ponto que você deseja alcançar – e o público atingido por essas campanhas será escolhido e construído por você, e o mais bacana é que sim, você pode ter mais de um público segmentado para investimentos, testando diversas possibilidades de atração. O público pode ser escolhido tendo por base: gênero, interesses específicos, geolocalização e comportamento digital.

Uma vez que você tem vários públicos, como saber se está dando certo? Por meio das métricas. É preciso analisar constantemente. Está dando retorno? Quantas pessoas já viram seu anúncio? As pessoas estão clicando? Se sim, em que momento elas abandonam a jornada dela? Se não, o que é possível mudar no anúncio para verificar outro retorno?

É – e precisa ter – uma análise sempre. E, para pequenas empresas existem diversas instituições que oferecem consultorias para ajudar na hora de adentrar o universo digital e para entender essas métricas e como tentar tornar este universo favorável para seu negócio.

Ok, mas só isso é suficiente no universo digital?

Não!

Porque no universo digital sua concorrência é muito maior. Então você precisa mostrar para o que veio e ter estratégias de conteúdo que vão atingir e conversar com as dores de seus consumidores.

Invista em blogs, em conteúdo para redes sociais, em e-mail marketing e, o mais importante, invista em um relacionamento com os consumidores que já compraram em sua loja – se ele comprou um novo mouse com você, pode ser que daqui uns dias ele queira um novo teclado. Mantenha um contato por meio de e-mail, por exemplo – mas não seja invasivo para virar spam. Dose bem esse relacionamento.

É preciso ressaltar aqui que a internet não segue uma receita de bolo. Não é porque alguma estratégia deu certo para um concorrente, que dará certo para você. É preciso de fato analisar a fundo e ir mudando as estratégias conforme o andar da carruagem.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCasas irregulares em APP em Cáceres são de pessoas em situação vulnerável
Próximo artigoPresidente do TJMT poderá ser reeleito para mais dois anos de mandato