Márcio Dorilêo é eleito corregedor-geral da Defensoria Pública de MT

Após acirrado embate judicial, Márcio Dorilêo foi eleito corregedor-geral da Defensoria Pública

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Após acirrado embate judicial, o primeiro subdefensor público-geral, Márcio Dorilêo, foi eleito corregedor-geral da Defensoria Pública para o próximo biênio 2019/2020, em eleição realizada nesta sexta-feira (7) pelo Conselho Superior da Instituição.

Por cinco votos a quatro, ele derrotou a adversária, primeira subcorregedora-geral, Alenir Garcia, que entrou com várias ações judiciais questionando a eleição e conseguiu adiá-la por diversas vezes. A escolha, inclusive, só ocorreu nesta sexta por força de um mandado de segurança preventivo protocolado pelo candidato eleito.

À frente da corregedoria, Dorilêo declarou que pretende estimular o fortalecimento da atuação estratégica, desempenhar a missão recém-atribuída à Instituição, de fazer a defesa dos direitos humanos, bem como focar na proteção dos direitos por meio da cultura e educação.

“Vamos estreitar a atuação com outros órgãos, em rede e de forma integrada, buscar o zelo e a observância às prerrogativas e princípios da Defensoria Pública, sem sermos corporativos, nem excessivamente rigorosos. Queremos o equilíbrio”, ressaltou o recém-eleito corregedor-geral.

Dorilêo já foi corregedor-geral no biênio 2011/2012, conselheiro por várias gestões, ex-secretário de Estado de Justiça e Direitos Humanos e é primeiro subdefensor público-geral.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBolsonaro se reúne com seu partido, PSL, no próximo dia 12
Próximo artigoFim de semana pode ter sol intenso e pancadas de chuva isoladas; veja a previsão

O LIVRE ADS