‘Máquina de fake news’

Grupo estaria atuando dentro da prefeitura de Cuiabá

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O vereador Dilemário Alencar (Podemos) disse na sessão da câmara municipal desta terça-feira (9) que tem documentos que comprovam a divulgação de informações falsas (fake news) de dentro da prefeitura de Cuiabá.

Os documentos, que incluiriam gravações, seria sobre o trabalho de um grupo supostamente pago pela gestão para atacar adversários políticos, principalmente na Câmara dos Vereadores.

O disparo das fake news estaria em funcionamento desde 2017, quando foi divulgado o vídeo do prefeito afastado Emanuel Pinheiro (MDB) supostamente recebendo propina. Na época, os vereadores tentaram instalar uma CPI do Paletó.

Dilemário diz que os documentos serão encaminhados para Polícia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJurassic Safari Experience chega ao Pantanal Shopping
Próximo artigoPolícia encontra cabo enrolado em hélice do avião de Marília Mendonça