Mal informado ou mentindo?

Para Pedro Taques, o “causo” do ministro é fruto de desinformação

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

“Mal informado ou mentido”. Essa foi a reação do ex-governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), ao “causo” protagonizado por ele e contado pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes da Costa, recentemente em uma entrevista coletiva.

O assunto é a hidrovia do Rio Paraguai (leia aqui).

E apesar das duas hipóteses que levantou, Taques começou sua resposta expressando “respeito” ao ministro, “homem sério é tecnicamente competente” e que ele acabou não desmentindo. Pelo menos, não por completo.

O ex-governador reconheceu que foi mesmo o autor da ação que, de acordo com o ministro, barrou os estudos de viabilidade da hidrovia. Uma ação “ajuizada há mais de 16 anos” e da qual Taques sustentou não ter vergonha.

Segundo ele, o objetivo na época não era simplesmente impedir a criação da hidrovia, mas garantir que ela estivesse dentro da lei.

“Aliás, foi julgada procedente, em primeiro e segundo graus do Judiciário Federal”, ele destacou.

E completou: “como procurador da República, cumpri o meu dever; como senador, igualmente, busquei resolver a situação dentro do IBAMA, DNIT, que tratava de navegação de águas interiores, e Ministério dos Transportes; como governador, também tratei do caso, buscando o cumprimento das decisões judiciais”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDaniel Radcliffe tem armas pregadas nas mãos em “Guns Akimbo”; veja o trailer
Próximo artigoA incrível revolução da ciência da China

O LIVRE ADS