Mais um feriado nacional

Irmã Dulce pode ganhar um dia para comemoração de Santa Dulce dos Pobres, a primeira santa da Igreja Católica nascida no Brasil

(Foto: Divulgação / Senado)

A partir de 2022, o Brasil pode ter mais um feriado nacional. Tudo vai depender de uma votação prevista para ocorrer nesta quinta-feira (18), na Comissão de Educação do Senado.

Os membros vão votar um projeto de lei que cria do feriado de Santa Dulce dos Pobres, a ser celebrado anualmente no dia 13 de agosto.

Conhecida no Brasil como Irmã Dulce, a religiosa foi canonizada em 2019 e tornou-se a primeira santa da Igreja Católica nascida no Brasil.

13 de agosto

O projeto foi apresentado pelo senador Angelo Coronel (PSD-BA). O texto original fixava a celebração no dia 13 de março, data de morte da Irmã Dulce, em 1992. Durante a tramitação na Comissão, todavia, o autor apresentou emenda para sugerir uma nova data: o dia 13 de outubro. Naquele dia, em 2019, a religiosa foi canonizada pelo Papa Francisco.

O relator do projeto, senador Flávio Arns (Podemos-PR), entretanto, resolveu adotar a data de 13 de agosto. Naquele dia, em 1933, Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes recebeu o hábito das Irmãs Missionárias em Salvador (BA) e passou a adotar o nome de Irmã Dulce, em homenagem à mãe.

É em 13 de agosto que a memória da religiosa é celebrada na Bahia.

(Com Agência Senado)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorThe Flash quase teve Bruna Marquezine como Supergirl
Próximo artigoIPVA zero até 150 cilindradas