Mais três meses: Paulo Guedes diz que governo pode manter auxílio emergencial

De acordo com o ministro, o governo pode continuar com o programa até vacinar a maior parte da população

(Foto: Agencia Brasil)

Nesta terça-feira (08),  o ministro da Economia Paulo Guedes afirmou que o governo federal vai “possivelmente” continuar com o programa de auxílio emergencial por mais dois ou três meses.

“Possivelmente nós vamos estender agora o auxílio emergencial por mais dois ou três meses, porque a pandemia está aí”, afirmou o ministro.

Ainda segundo Paulo Guedes, em três meses é possível que a população brasileira já esteja em sua maioria vacinada, logo todos voltariam as atividades e não precisariam mais do auxílio emergencial.

“Os governadores estão dizendo que, em dois ou três meses, a população brasileira adulta vai estar toda vacinada. Então, nós vamos renovar por dois ou três meses o auxílio, e logo depois entra, então, o novo Bolsa Família, já reforçado”, disse Guedes.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVárzea Grande: condomínios não têm abastecimento de água desde o início do ano
Próximo artigoEnergisa é multada em R$ 1 milhão por não cumprir regras trabalhistas