Mais endividados

Índice de contas de água e energia atrasadas aumentou 7,92%, este ano

(Foto: Tim Gouw / Pexels)

A inadimplência com água e energia elétrica no Brasil aumentou 7,92%, segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito.

O índice é referente ao mês de abril de 2022 e no ano passado, oscilava entre 2% e 3%, conforme divulgado pelo jornal Estadão de São Paulo, neste domingo (15). De acordo com a CNDL, praticamente quatro em cada dez brasileiros adultos estavam inadimplentes em abril.

As dívidas com os bancos continuam na liderança do ranking da inadimplência, sendo 60% dos casos de contas atrasadas.

Isso indica que mais de 60 milhões de pessoas estão com pendências nos birôs de crédito, o que representa um aumento de quase 6% na taxa contabilizada em abril do ano passado.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEstrangeiros não conseguem fácil inserção no mercado de trabalho em MT
Próximo artigoAgronegócio: safra de 2022/2023 será maior do que a anterior