|Segunda-feira, 23 abril 2018

Mais de 300 membros do Comando Vermelho tentaram fugir da Mata Grande

A fuga foi impedida em uma operação que contou com a participação de agentes, da Polícia Civil e da Polícia Militar

COMPARTILHE COMPARTILHE

Uma operação realizada no início da noite dessa segunda-feira (02) impediu a fuga de mais de 300 membros do Comando Vermelho que estão presos na penitenciária Mata Grande, em Rondonópolis. A fuga em massa teria início no Raio III da unidade e foi impedida com a operação Alcatraz.

Os agentes penitenciários já estavam há dias recebendo informações de que havia um plano  de fuga prestes a ser executado, mas não sabiam o dia exato que teria início e nem ao certo a unidade.

Durante a Semana Santa, eles ficaram em alerta para qualquer movimento atípico na penitenciária. A unidade de Água Boa e a PCE, em Cuiabá, também estavam em alerta.

Nessa segunda-feira (02) eles decidiram ocupar todos os Raios, o perímetro interno e o externo da Mata Grande.

Para isso, agentes penitenciários de folga, a Polícia Civil e a Polícia Militar foram chamados para dar apoio. Dois policias do Setor de Inteligência da Polícia Civil acompanharam a revista e duas viaturas da Força Tática e Inteligência da Polícia Militar realizaram rondas na parte externa da Unidade, para inibir a aproximação de pessoas de fora na área da penitenciária.

As equipes entraram na Mata Grande e revistaram o Raio III SE. Lá encontraram a grade da cela 35 cerrada e interligada por um grande buraco com a cela 36 e com a 37, que também estavam com as grades cerradas. A cela 09 do Raio III SD também tinha um grande buraco interligando com outras celas.

Todas as celas da penitenciária foram revisitadas, à procura de mais buracos. Em seguida os detentos do Raio III foram retirados, as grades foram soldadas, os buracos fechados e materiais como celulares, drogas e até dinheiro foram apreendidos.

Os 300 detentos que iriam fugir, são membros do Comando Vermelho. Os agentes definiram as ações do grupo, que costumam ser ordenadas até mesmo de dentro da penitenciária, como “ousadas e extremamente violentas”. Eles disseram que o CV ordena e financia planos de fuga com o objetivo de livrar os membros do cumprimento das penas.

“O nosso muito obrigado a todos que colaboraram direta ou indiretamente pelo sucesso dessa operação, onde frustramos uma fuga de grandes proporções na qual colocaria a sociedade rondonopolitana em pânico”, escreveram os agentes em um comunicado.

COMENTÁRIOS

  1. Parabéns aos nossos AGENTES PENITENCIÁRIOS pela coragem e árdua missão de guardar as portas do inferno aqui na terra. Deus guarde eles sempre.

  2. Muito bem, parabéns! olha a cara do cabeça dos bandidoshttps://www.saibatudomt.com.br/2018/04/articulador-de-fugas-em-penitenciarias-de-mt-e-preso-em-rondonopolis.html

  3. homens parados e amontoados têm tempo de planejar e executar fugas
    precisa mudar o sistema!

    ocupação laboral e educacional para todos os internos. ajudará no seu sustento e de seus dependentes. seria digno para toda a sociedade!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

DESTAQUES

Taques chama Pivetta de preconceituoso e o compara a escravocratas

Ator Haitiano é vítima fatal de acidente na estrada de Chapada

Verdadeiro Indiana Jones ainda permanece como um mistério vivo na história de Mato Grosso

Clarice Lispector e irmã escreviam manuais para “amansar” empregadas, relembra pesquisadora da UFMT

Terceira mulher é estuprada próximo à Unemat de Sinop

X