Mais de 14 mil aposentados podem ter salário suspenso por não atualizar dados

Aposentados e pensionistas devem acessar o site do MT Prev para realizar o recenseamento

No site do MT Prev está disponível um passo a passo de como realizar o Censo Online pelo celular, computador ou tablet - Foto por: Divulgação

Faltando apenas dois meses para o término do Censo Previdenciário dos aposentados e pensionistas vinculados ao Mato Grosso Previdência (MT Prev), hoje 14.800 dos 36 mil convocados ainda não realizaram a atualização cadastral e podem ter o benefício suspenso. O prazo termina 11 de junho.

De acordo com a Diretoria de Previdência da autarquia, o Censo deverá ser realizado totalmente pela internet, por meio do site www.mtprev.mt.gov.br. O atendimento presencial segue suspenso enquanto durarem os efeitos do decreto estadual, bem como dos decretos municipais que visam prevenir a disseminação da covid-19.

No site do MT Prev está disponível um passo a passo de como realizar o Censo Online pelo celular, computador ou tablet. No caso de dúvidas ou dificuldade, o aposentado pode ligar ou mandar uma mensagem no WhatsApp para 65 3363-5300, ou para o e-mail [email protected] e solicitar o auxílio de um técnico do MT Prev.

É importante que o beneficiário providencie todos os documentos solicitados, devidamente atualizados, antes de iniciar o seu recenseamento. A atualização da certidão de nascimento e/ou casamento pode ser solicitada sem sair de casa por meio do site www.registrocivil.org.br, ou pelo site da Anoreg MT (app.anoregmt.org.br).

Censo Previdenciário

O Censo Previdenciário para aposentados e pensionistas do Governo do Estado é obrigatório e essencial para que o MT Prev possa avaliar a saúde previdenciária do instituto a longo prazo.

Fazem parte desta edição do censo os inativos e pensionistas que tenham tido o benefício concedido até 30 de junho de 2020, incluindo os abrangidos pelo Convênio CV0032006/MT-MS.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIdoso de 62 anos é preso por estupro de vulnerável praticado há 10 anos
Próximo artigo70 prefeitos de MT tentam comprar vacina contra covid por conta própria