Maioria dos cuiabanos irá comprar presente para mãe, mas sem aumentar o gasto

CDL diz que gasto médio deverá ficar em torno de R$ 277 e a busca por produtos de beleza e perfumes deverá ser mais concorrida

(Foto: Reprodução/ Mercado e Consumo) CDL prevê que a média de gastos com presentes fique em R$ 180, 22% a menos que o registrado em 2019

A maioria dos cuiabanos tem a intenção de comprar presente para o Dia das Mães, no próximo domingo, mas os gastos devem permanecer no mesmo patamar que do ano passado. 

Pesquisa divulgada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) aponta que 85,3% das pessoas devem comprar ao menos um agrado para a mãe. O preço do presente deve chegar a R$ 277 e os cosméticos e perfumes devem ser os mais buscados. 

A faixa de preços varia entre R$ 100 e R$ 200 e é puxada para acima pelos 27,7% dos entrevistados que pretendem dar mais de um presente. Eles também puxam o grupo de pessoas que irão gastar mais. 

Segundo a CDL, 47,8% afirmam vão gastar mais do que com o presente anterior, e 64,7% pagarão à vista. 

As lojas no centro e nos shopping centers terão a preferência. Elas foram apontadas como local de compra por 26,4% e 24% dos entrevistados respectivamente. Logo em seguida aparecem as lojas próximas nos bairros (20,9), vendedores avulsos (16,3%) e as lojas online (5,4%). 

A CDL aponta ainda que 14,7% dos cuiabanos não comprarão presentes. Os motivos são falta de dinheiro (45%), a mãe mora em outra cidade ou Estado (25%). 20% não comprarão presentes, porém darão em dinheiro e 10% ajudarão em reformas da casa da mãe.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJanete Riva testa positivo
Próximo artigoCasal desaparece e polícia faz busca em região de mata em Porto dos Gaúchos