Maioria da bancada federal eleita em Mato Grosso anuncia apoio a Bolsonaro

Dos 10 parlamentares eleitos, seis declararam o voto no segundo turno presidencial, sendo cinco deles em Jair Bolsonaro

A maioria dos parlamentares eleitos para representar Mato Grosso no Congresso Nacional na próxima legislatura anunciou apoio ao candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno das eleições. Entre os dois senadores e oito deputados federais eleitos em 7 de outubro, seis declararam o voto, sendo cinco deles em Bolsonaro.

Selma Arruda e Nelson Barbudo, candidatos que receberam o maior número de votos para o Senado e Câmara Federal, respectivamente, são correligionários do presidenciável. Eleito deputado pelo PTB, Emanuelzinho Pinheiro está seguindo a orientação partidária e José Medeiros (Pode) e Neri Geller (PP), que também estarão na Câmara Federal em 2019, declararam apoio a Bolsonaro, embora os partidos aos quais são filiados tenham optado pela neutralidade.

A única deputada federal eleita a anunciar apoio a Fernando Haddad (PT) foi Rosa Neide, que pertence a mesma legenda do candidato a presidente.

O senador eleito Jayme Campos (DEM), cujo partido decidiu não apoiar nenhum candidato no segundo turno, não quis revelar o voto, assim como o único deputado federal reeleito, Carlos Bezerra (MDB), e seu correligionário e colega de bancada na próxima legislatura, Juarez Costa. Os emedebistas optaram pela neutralidade, seguindo a orientação partidária.

Leonardo Albuquerque (SD), que também ocupará uma cadeira de deputado federal a partir de 2019, disse que seu partido liberou os filiados, mas que ainda não definiu em quem irá votar.

Bancada federal eleita para a próxima legislatura:

Senado

  • Selma Arruda (PSL) – Jair Bolsonaro (PSL)
  • Jayme Campos (DEM) – Não anunciou

Câmara Federal

  • Nelson Barbudo (PSL) – Jair Bolsonaro (PSL)
  • José Medeiros (Pode) – Jair Bolsonaro (PSL)
  • Emanuelzinho Pinheiro (PTB) – Jair Bolsonaro (PSL)
  • Neri Geller (PP) – Jair Bolsonaro (PSL)
  • Carlos Bezerra (MDB) – Neutralidade
  • Leonardo Albuquerque (SD) – Partido liberou, mas ainda não definiu
  • Rosa Neide (PT) – Fernando Haddad (PT)
  • Juarez Costa (MDB) – Neutralidade

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVirginia Mendes pode assumir a Setas no governo de Mauro
Próximo artigoHomem acusado de matar ex-mulher e enteada com martelo é condenado a 40 anos de prisão