Maggi versus Riva

Ex-governador nega que tenha pago propina aos deputados estaduais e chama ex-presidente da ALMT de criminoso

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O ex-governador Blairo Maggi classificou como absurda a acusação de que patrocinou o pagamento de propinas mensais a deputados estaduais enquanto exerceu o cargo, no período de 2003 a 2010.

A acusação foi feita pelo ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, nos autos de um termo de colaboração premiada já homologada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Em nota encaminhada à imprensa, Maggi classificou as afirmações de “ilações” e chamou Riva de criminoso. Ainda prometeu tomar providências cabíveis diante da situação, sem elencar quais.

Em depoimento, Riva narra que, a partir de 2003, o governo do Estado alterou o método de garantir pagamento de propina aos deputados estaduais. Se antes a articulação cabia ao Executivo, por meio da liderança de bancada, a partir da gestão de Blairo Maggi, iniciada em janeiro de 2003, as vantagens ilegais seriam asseguradas por meio de suplementação orçamentária da Assembleia Legislativa.

Ou seja, a partir de um orçamento maior para administrar, caberia ao presidente do Legislativo destinar parte do dinheiro para cada um dos 24 deputados estaduais.

Confira a íntegra da nota de Blairo Maggi:

“Sobre a repercussão da delação do ex-deputado José Riva, o ex-governador Blairo Maggi afirma que encerrou seus 8 anos de Governo com 92% de aprovação popular, pois, sua gestão pautou-se na eficiência e transparência. Nunca houve compra de apoio político por parte do Executivo, e por isso, Maggi jamais pactuou com quaisquer irregularidades.

A versão apresentada pelo criminoso delator não se sustenta, pois basta comparar os orçamentos anteriores com os executados durante a gestão e concluir que: houve significativa redução dos repasses! São números, documentos e não ilações! Assim, são absurdas as afirmações do delator.

Maggi afirma que tomará todas as medidas cabíveis contra acusações infundadas como essa.”

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior34 atividades econômicas foram as mais afetadas pela pandemia
Próximo artigoSegurança de mercado de Cuiabá quebra nariz de homem que tentava entrar no local