Mãe que narra jogos do Palmeiras para filho deficiente visual ganha prêmio da FIFA

A dupla foi descoberta durante partida entre Palmeiras e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro

Era grande a torcida pela palmeirense Silvia Grecco que nesta segunda-feira (23) recebeu o prêmio de Melhor Torcedora, conhecido como Fifa Fan Award, por ir ao estádio junto com o filho portador de deficiência visual e autismo, Nickollas, de 12 anos, e narrar para ele os lances das partidas.

A dupla foi descoberta em setembro de 2018 pela equipe da reportagem da TV Globo durante partida entre Palmeiras e Corinthians no Allianz Parque pelo Campeonato Brasileiro. Silvia se sentava no estádio ao lado do filho e buscava descrever todas as jogadas para ele.

“Estamos representando aqui o nosso time, o Palmeiras, estamos representando aqui todos os torcedores do Brasil, todos os torcedores do mundo, todos aqueles que torcem pelas pessoas com deficiência. O futebol ele pode transformar a vida das pessoas. É muito amor, muita dedicação”, disse Silvia durante o discurso de premiação. Ao fim, ela foi aplaudida de pé.

Silvia venceu a concorrência com a torcida da Holanda, marcada pela animada festa e coreografia durante a Copa do Mundo Feminina, na França, e também com o uruguaio Justo Sánchez, que é torcedor do Cerro, mas passou também a ir aos jogos do rival Rampla Juniors em homenagem ao filho falecido. A palmeirense dedicou o prêmio a ele durante o discurso.

A torcedora mencionou que o prêmio é uma forma de inclusão social para pessoas portadoras de alguma deficiência.

“A pessoa com deficiência existe e precisa ser amada, respeitada e incluída”, afirmou. Ao discursar, Silvia fez questão de descrever ao filho o quanto o auditório estava lotado de grandes jogadores. Entre os craques, estavam na plateia Lionel Messi, Virgil Van Dijk e Alisson.

Simplesmente emocionante.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS