Mãe instala câmeras em casa e flagra marido estuprando a filha dela

Após ser preso na empresa em que trabalha, o homem justificou os atos culpando a criança

“Ela que me procurou”, essa foi a justificativa utilizada por um homem de 35 anos após ser preso nessa segunda-feira (17) ao ser denunciado pela própria esposa por estuprar a filha dela, de quatro anos, em Sinop (500 km de Cuiabá).

As suspeitas surgiram quando a menina se queixou para a mãe de dores em seu órgão genital. Ao verificar a região, a mãe percebeu uma forte vermelhidão.

Conforme o boletim de ocorrência, desconfiada do marido, a mulher conversou com a filha de uma vizinha e pediu que a menina falasse com a filha dela, que contou sobre os abusos. Depois, a própria criança disse à mãe que o padrasto mostrava o órgão genital para ela e a fazia pegar, tirava a roupa dela e tocava em suas partes íntimas.

Para provar a situação, a mãe instalou câmeras de segurança no quarto da filha e flagrou o marido abusando da menina. Em choque, ela procurou a delegacia, denunciou o marido e o delegado pediu a prisão do suspeito.

O acusado foi preso no trabalho nessa segunda-feira (17) e, a princípio, negou ter abusado da criança. Depois, ao ver as imagens, ele tentou se justificar colocando a culpa na criança, alegando que a menina de quatro anos o teria procurado. O suspeito será indiciado por estupro de vulnerável.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSalário na conta
Próximo artigoGoverno bloqueia 30% da receita do Sintep devido à greve