Lulista sem Lula

Justiça Eleitoral mandou o candidato ao Senado Valdir Barranco (PT) para de exibir vídeo na TV com o ex-presidente

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O juiz membro do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), Edson Dias Reis, mandou o candidato ao Senado, Valdir Barranco (PT), parar de exibir em seu espaço no horário eleitoral vídeo com apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

O juiz disse que Barranco quebrou as regras eleitorais ao dar espaço ao ex-presidente acima dos 30% do tempo em rádio e TV. No vídeo que vinha sendo divulgado, Lula aparece em 28 segundos dos 30 de tempo total que Barranco tem direito de usar. 

A exploração da imagem de agentes políticos estaduais e nacionais tem passado por decisão recorrente da Justiça Eleitoral, desde o início da campanha por do excesso de exposição. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNatal e Ano Novo: tendência é de festas em casa, aponta pesquisa
Próximo artigoViagens de curta distância: perfil do turista em MT mudou na pandemia