Licitação do Júlio Müller fica para janeiro

Retomada de obra foi anunciada pelo governo no início de dezembro

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O lançamento da licitação para conclusão do novo prédio do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM) vai ficar para depois de 20 de janeiro. 

A previsão inicial, anunciada pelo secretário de Infraestrutura e Logística Marcelo Oliveira, era de que fosse lançado em 20 de dezembro. No entanto, a licitação dependia de análise da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), que apontou correções no edital.

Além disso, a lei que trata dos processos administrativos do Governo, alterada em agosto de 2018 pelo então governador Pedro Taques (PSDB), determina suspensão dos prazos entre 20 de dezembro e 20 de janeiro.

Dessa forma, segundo a Sinfra, o secretário fica impedido de lançar a licitação no período.

Segundo Marcelo Oliveira, a licitação vai ser feita por meio de Regime Diferenciado de Contratação integrada (RDCi). Pelo cronograma, depois de lançada, os interessados terão 45 dias para analisar o edital e apresentar proposta.

O resultado deve ser anunciado ainda no primeiro semestre de 2020.

Leia também

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrefeito Emanuel Pinheiro garante que tarifa de ônibus não sobe em 2020
Próximo artigoEmbrapa quer vender terras ociosas para reinvestir em pesquisa