Ladrões reagem a prisão, apontam armas para policiais e acabam mortos

Eles haviam cometido dois roubos antes do embate com a polícia

Dois suspeitos identificados como Fernandes Recepute dos Santos, 18 anos, e Silvano Souza Lima, 22 anos, morreram nessa segunda-feira (15) após reagirem à prisão e apontarem armas para uma equipe da Força Tática da Polícia Militar de Sorriso (400 km de Cuiabá).

Os suspeitos haviam cometido dois assaltos antes do embate com a polícia.

Roubo

A Polícia Militar estava em busca dos suspeitos porque, por volta das 19h50, eles haviam cometido um roubo em um posto de combustível situado no KM 766 da BR-163.

Os dois suspeitos foram até o local em uma Saveiro branca, renderam os funcionários e, com extrema violência e utilizando de ameaças graves, roubaram R$ 624.

Durante o roubo, eles perguntavam pelo dono do posto e procuraram por armas. Depois do assalto, eles fugiram pela BR-163, sentido a Sorriso.

Buscas

Várias equipes da PM saíram em buscas do suspeito, mas foi uma equipe da Força Tática que os encontrou saindo de uma estrada vicinal que dá acesso ao Bairro Jardim dos Ypês, entrando na MT-242, em alta velocidade.

Os policiais se aproximaram e deram ordem de parada aos suspeitos, que tentaram fugir, mas acabaram parando em um ponto da rodovia.

Quando eles desceram do carro, os policiais os mandaram colocar as mãos na cabeça, irem até a parte traseira do carro e deitar no chão, mas, ao invés de obedecer, os suspeitos tentaram reagir sacando armas nas cinturas e apontando para a equipe.

Para se defender, os militares atiraram contra os dois, que caíram no chão. Os dois foram desarmados e, imediatamente, o Corpo de Bombeiros foi acionada para prestar socorro.

Com o suspeito de 18 anos foi encontrado os R$ 624 roubados do posto e um revólver calibre 38. Com o de 22 anos outro revólver calibre 38.

Outro roubo

Os policiais checaram o carro em que os suspeitos estavam e constataram que era um veículo roubado pouco antes do crime no posto.

A Saveiro havia sido roubada na sede da Secretaria de Transportes da Prefeitura de Sorriso.

Conforme o boletim de ocorrência, os dois chegaram em uma motocicleta e também agiram com violência e utilizando de grave ameaça, renderam e amarraram a vítima, de 58 anos, e levaram o carro.

Morte

O Corpo de Bombeiros prestou socorro aos dois suspeitos e os encaminhou ao Hospital Regional, mas ambos não resistiram aos ferimentos e morreram.

A Polícia Judiciária Militar foi acionada e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

O caso foi registrado como roubo, sequestro e cárcere privado e morte por intervenção de agente do Estado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProcurando um curso profissionalizante? Programa do governo abre inscrições
Próximo artigoUm ano de pandemia: população do Centro Oeste foi a que menos perdeu renda