Ladrões invadem casa, levam joias, arma e dinheiro e atiram em pré-candidato a prefeito

Os três homens levaram R$ 22 mil em dinheiro e sabiam que a casa possuía um cofre

Uma família de Aripuanã (970 km de Cuiabá) teve a casa invadida por ladrões na noite dessa quinta-feira (12). Os bandidos levaram joias, um revólver e R$ 22 mil em dinheiro. O dono da casa, de 52 anos, ainda acabou atingido por um tiro na perna.

O caso aconteceu no Bairro Jardim Planalto, por volta das 20h. A vítima baleada é Ataides Paulo da Silva, pré-candidato a prefeito na cidade.

Conforme o boletim de ocorrência, a família estava em casa quando ouviu o cachorro latir e, em seguida, já foi rendida por três homens. Ele cobriam os rostos com capacetes e usavam jaqueta de chuva. Estavam armados e renderam pai, mãe e filho.

À mulher, eles ordenaram que permanecesse de cabeça baixa. Já para o homem, a ordem foi de ir até o cofre onde estava a arma, um revólver calibre 22.

Eles pegaram a arma, joias e aproximadamente R$ 22 mil em dinheiro.

Enquanto estavam com o dono da casa, a mulher ouviu o barulho de tiro. Em seguida, um dos assaltantes disse para ninguém chamar a polícia, senão iriam matar todos da casa.

Assim que os bandidos fugiram, o filho do casal, um adolescente, foi andando até o quartel da Polícia Militar e disse que seu pai estava baleado.

Uma equipe da PM foi até a casa da família e a mulher contou como tinha sido o assalto. A vítima foi socorrida e encaminhada para o hospital.

Os policiais ouviram vizinhos, que disseram ter visto duas motocicletas chegando à casa das vítimas. Eram uma Bros vermelha e preta e uma Honda CG ano 99 vermelha, com três homens, sendo dois de estatura alta e aparentemente gordos e outro magro e de estatura média.

Os policiais também foram até o hospital falar com o homem que foi baleado, mas ele não passou mais detalhes do ocorrido. Apesar do ferimento, ele passa bem.

O caso foi registrado como roubo e tentativa de homicídio doloso. Até o registro da ocorrência, ninguém foi preso.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.