Ladrões de carro trocam tiros com policial, sofrem acidente e um deles morre

Bandido morreu ao bater em outro veículo durante a fuga

Foto: PMMT

Um assaltante de 23 anos morreu nessa segunda-feira (9) ao tentar roubar um carro e acabar se envolvendo em um acidente ainda no local do roubo.

Ele e os comparsas chegaram a trocar tiros com um policial que ajudou a vítima, mas a causa da morte não foi nenhum disparo, mas sim a batida após um acidente rápido que envolveu três veículo antes que os ladrões conseguissem fugir do local do crime.

O caso atípico aconteceu no Bairro Jardim dos Estados, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), por volta das 21h30.

O roubo

Conforme o boletim de ocorrência, a vítima, uma mulher de 35 anos, e suas duas filhas e uma sobrinha, 11, 13 e dois anos, estavam chegando em casa quando foram paradas por ocupantes de um veículo que bloqueou o carro dela.

Dois ladrões desceram do carro e com uma arma pegaram o veículo dela, um Fiat Pálio Sport vermelho.

Ela conseguiu descer do carro com todas as crianças e, imediatamente, pediu ajuda para o vizinho da frente, que é policial militar.

Ao ouvir o pedido de socorro, o policial já saiu com a arma nas mãos. Os ladrões viram a cena e começaram a atirar contra ele, que atirou de volta para se proteger, proteger a vítima e as crianças.

Tentativa de fuga frustrada

Os ladrões tentaram fugir, mas bateram em um Toyota Corolla preto, que por sua vez bateu em um VW Gol branco. O bandido tentou dar ré, mas bateu contra o portão de um estabelecimento de venda de gás.

Um dos ladrões conseguiu fugir e não foi mais encontrado. O outro, porém, morreu na hora, com a colisão.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou que o suspeito foi acertado somente por um tiro no braço esquerdo e que a causa da morte realmente foi a batida.

No carro, com ele, foi encontrado um bloqueador de sinal utilizado para roubo de veículos e várias ferramentas usadas para desmontar partes de carros.

O veículo foi devolvido para a vítima bastante danificado. O caso foi registrado como roubo, dano e tentativa de homicídio culposo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrefeitura cria regras e taxa para feiras de artesanato em Cuiabá e medida divide opiniões
Próximo artigoRegras para os R$ 35 mil