Ladrão solto por causa do coronavírus tenta furtar o mesmo local que o levou à prisão

Ele ainda estava com parte do uniforme da prisão e tinha sido liberado há poucas horas

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Dois rapazes de 22 e 24 anos foram presos na madrugada desta sexta-feira (20) depois de tentar furtar uma distribuidora no Bairro Zeca Ribeiro, em Barra do Garças (520 km de Cuiabá).

O suspeito de 24 anos tinha acabado de sair da cadeia – inclusive ainda estava com parte do uniforme da penitenciária – após recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de libertar detentos em algumas condições por causa da pandemia de coronavírus.

Ele, inclusive, havia sido preso há pouco tempo justamente por ter furtado a mesma distribuidora que invadiu nesta sexta-feira.

Conforme o boletim de ocorrência, dessa vez, ele foi visto por um vizinho da distribuidora em cima do telhado, enquanto o comparsa estava na frente do estabelecimento olhando a rua.

O vizinho acionou a polícia, falou o que estava vendo e relatou que era o mesmo homem que havia furtado o local há pouco tempo.

Uma equipe da Força Tática da Polícia Militar foi enviada ao local, mas quando chegou os suspeitos já tinham fugido, possivelmente porque perceberam que tinham sido vistos pelo vizinho.

A testemunha, no entanto, conseguiu ver para que lado os dois tinham ido e indicou aos policiais, que encontraram os suspeitos ainda próximo ao local da tentativa de furto.

Detido, o rapaz de 24 anos assumiu que realmente era ele que estava em cima do telhado e que tinha furtado a distribuidora a pouco tempo, inclusive sendo preso pelo furto.

O dono da distribuidora, um senhor de 61 anos, foi chamado e disse que provavelmente os ladrões voltaram para procurar mais dinheiro, ou buscar algo que tinham escondido quando realizaram o furto anterior.

Os dois suspeitos foram presos e encaminhados para a delegacia. Ambos possuem extensa lista de passagens criminais, mas somente o de 24 anos tinha sido beneficiado com a recomendação do CNJ e estava solto há poucas horas.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCoronavírus: dez presos são soltos pela Justiça em Cuiabá; 160 estão na lista
Próximo artigoMedeiros se aposenta aos 50 e vai ganhar R$ 40 mil