Ladrão coloca seu próprio endereço em pedido com cartão roubado e acaba detido

No roubo, a vítima havia sido bastante agredida, mesmo já estando com o braço quebrado

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um adolescente de 17 anos foi apreendido nessa segunda-feira (23), em Cuiabá, por participação em um roubo com sequestro-relâmpago a um homem de 26 anos, ocorrido no último sábado (21).

O suspeito foi encontrado após fazer uma compra no cartão da vítima e colocar seu próprio endereço para a entrega do pedido.

Roubo e sequestro

O crime ocorreu na madrugada do sábado (21). A vítima foi sequestrada na Avenida Beira Rio, no Bairro Jardim Paulista, em Cuiabá, próximo a um bar, por dois homens. Eles tomaram a direção do carro da vítima e a colocaram do porta-malas do veículo, um Honda City prata.

Os bandidos roubaram os documentos, os cartões e o celular do jovem –  e o obrigaram a entrar em seu aplicativo do banco e fornecer suas senhas. O jovem foi amarrado, mesmo estando com o braço engessado, e torturado com chutes, socos e coronhadas com um revólver.

O sequestro durou cerca de três horas e meia e, durante esse tempo, os acusados tentaram sacar dinheiro com os cartões da vítima e passar os cartões em algumas lojas.

Por fim, o jovem foi abandonado na Praia da Vereda, em Santo Antônio de Leverger (42 km de Cuiabá), com os pés e as mãos amarrados, os olhos vendados e a boca amordaçada.

Depois de um tempo, ele conseguiu se soltar e acionou a Polícia Militar.

Prisão

Mais tarde, ele começou a perceber que os criminosos estavam usando seu celular para pedir comida por um aplicativo, pegou o endereço de entrega e entregou à polícia.

Depois, ele constatou que um dos suspeitos havia feito uma compra em um site de compras com seu cartão e colocado um endereço para entrega do pedido no Bairro Dom Aquino, em Cuiabá.

O acusado teria salvado no site seu nome, telefone e até ponto de referência para entrega no endereço. A vítima salvou o número em outro celular, viu a foto que apareceu no WhatsApp e reconheceu que se tratava de um de seus sequestradores.

Ele procurou a polícia e entregou as informações. Equipes da PJC, então, começaram as buscas ao suspeito.

O acusado, de 17 anos, foi encontrado dentro de sua casa. Ele não tentou fugir, entregou-se e foi reconhecido pela vítima.

Ele foi apreendido e encaminhado para a delegacia, onde o caso foi registrado como roubo, lesão corporal, sequestro e cárcere privado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorOportunidade: Hospital São Mateus abre processo seletivo para 20 vagas
Próximo artigoAbrigo Bom Jesus de Cuiabá é contemplado com reforma da área médica