Justiça pode soltar Adélio após novos exames

Adélio Bispo está preso desde 2018 quando esfaqueou Jair Bolsonaro em Minas Gerais

Adélio Bispo pode ser solto a partir do dia 14 de junho. Adélio passará por novos exames psicológicos que irão avaliar se ele ainda é um risco para a sociedade.

Adélio é o autor das facadas contra o presidente Jair Bolsonaro (PL), durante às eleições de 2018.

Na ocasião, ele se aproximou de Bolsonaro durante um evento em Minas Gerais e esfaqueou o até então candidato na barriga.

Tratamento médio e nova avaliação

Adélio Bispo vem fazendo um tratamento psiquiátrico desde que foi preso pela Justiça ainda em 2018.

Agora, o criminoso vai passar por uma avaliação do juiz e vai receber o parecer médico que deve decidir se Bispo poderá sair da penitenciária federal de Campo Grande (MS).

O magistrado que tomará a decisão é o Luiz Augusto Iamassaki Fiorentini, da 5ª Vara Federal da capital sul-mato-grossense.

LEIA TAMBÉM:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSeu lixo pode ajudar as pessoas
Próximo artigoPresidenciáveis infiltrados