Justiça pode arquivar caso triplex do Guarujá contra Lula

MPF, seguindo o Supremo Tribunal Federal, afirma que Moro foi parcial no processo contra o ex-presidente

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça o arquivamento completo do processo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no caso envolvendo o triplex do Guarujá (SP).

De acordo com o ministério público, a Justiça deve seguir o entendimento do Supremo Tribunal Federal e declarar nulidade no processo do imóvel.

O órgão argumenta que Moro agiu de forma parcial no julgamento dos atos e por isso o processo não possui validade.

“Dessa forma, em cumprimento à decisão do STF, as provas colhidas não podem ser aproveitadas, pois a nulidade imposta alcança os atos pré-processuais. Não é possível, portanto, a mera ratificação da denúncia”, informa um trecho da petição.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÓrgão de classe alerta sobre oferta irregular de cursos para corretor de imóveis
Próximo artigo“O vice quem vai escolher sou eu”, diz Bolsonaro sobre 2022