Justiça nega liberdade a acusados de matarem policial espancado

Decisão judicial ainda designou a audiência de instrução do caso para o dia 2 de dezembro

O juiz Murilo Moura Mesquita, da comarca de Várzea Grande, indeferiu os pedidos de habeas corpus apresentados pelas defesas de Wesdra Victor Galvão de Souza e Alan Patrik Schuller.

Os dois são acusados de espancar o policial militar Roberto Rodrigues de Souza, de 31 anos. O crime aconteceu em julho deste ano, em uma distribuidora no bairro da Guarita. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Na decisão, o magistrado pontua que a prisão preventiva, quando decretada após o crime, foi devidamente fundamentada. Agora, não foram apresentados elementos novos que justificassem a revogação da prisão ou a adequação com fixação de outras medidas cautelares.

O magistrado lembra que os acusados continuaram a agredir a vítima, mesmo quando Roberto já estava caído no chão, sem possibilidade alguma de defesa.

“Com efeito, persiste a necessidade das custódias cautelares como forma de resguardar a ordem pública, em face da gravidade concreta da conduta atribuída aos réus, revelada pelo modus operandi, em tese, utilizado na ação delituosa”, reforça.

Deferido parcialmente

A defesa de Wesdra requereu a juntada de certidões de antecedentes criminais de Roberto. O pedido também foi deferido em partes pelo juiz Murilo.

A permissão abrange apenas os sistemas APOLO e processual Tribunal de Justiça. Já o que for relativo à ficha de anotações funcionais não deve ser agregado ao processo, uma vez que Roberto não se encontrava no exercício funcional quando foi morto.

Instrução

A decisão publicada no Diário de Justiça Eletrônico desta terça-feira (23) definiu ainda a data para a audiência de instrução do caso.

A oitiva de testemunhas e acusados será realizada no próximo dia 2 de dezembro.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNatal Iluminado
Próximo artigoBlack Friday: faturamento do e-commerce deve crescer 18% e alcançar R$ 6,1 bilhões