Justiça manda soltar ex-deputada federal Cristiane Brasil

Cristiane foi presa em setembro, por supostos desvios em contratos de assistência social entre os anos de 2013 e 2018

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decidiu, nessa quinta-feira (15), soltar a ex-deputada federal Cristiane Brasil. Com a decisão também foi beneficiado Pedro Fernandes, ex-secretário de Educação do Rio.

No dia 11 de setembro, os dois foram presos na Operação Catarata, do Ministério Público do Rio de Janeiro e da Polícia Civil, que investiga supostos desvios em contratos de assistência social entre os anos de 2013 e 2018.

Tanto Cristiane Brasil como Pedro Fernandes terão que seguir medidas cautelares, como comparecimento mensal à Justiça; proibição de contato com outros investigados; e recolhimento domiciliar noturno.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorR$ 4,6 milhões em acordos
Próximo artigoPelo Twitter, Charlie Sheen lamenta a morte de colega da série “Two And a Half Men”