Justiça investiga homem que tomou quatro doses de vacinas contra covid-19

O professor universitário teria fraudado documentos para se vacinar mais do que o permitido

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

A justiça investiga um professor universitário aposentado, de 61 anos, que tomou quatro doses de vacinas contra a covid-19 em Viçosa (MG), onde ele mora. O homem teria fraudado documentos para se vacinar mais do que o permitido.

Depois da aplicação das quatro doses de imunizante, os dados foram cruzados no Sistema Nacional do Programa de Imunizações e mostrou que o professor teria agido contra a lei.

Denúncia

Com as informações colhidas, a Prefeitura de Viçosa acionou a Procuradoria Geral do Município para tomar as medidas cabíveis e informar a Justiça para demais providências.

Agora a Justiça deve investigar o caso e o homem pode ser multado ou até mesmo detido pelo crime.

Efeitos à saúde

Não existem estudos precisos sobre os efeitos de uma superdose da vacina contra o coronavírus no organismo.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDiretor afirma que Thor 4 é o filme mais bizarro que já fez
Próximo artigoGoverno assina contratos de R$ 15 milhões para concluir residenciais em 3 municípios