Justiça condena dois por torturarem desafeto e filmarem agressões

Réus torturam e roubaram a vítima ao cobrar dívida. Crime foi filmado e compartilhado nas redes sociais

(Foto: Ekaterina Bolovtsova / Pexels)

A Justiça de Mato Grosso condenou Gustavo Henrique Nilson Albues e Jhony Marlon Camargo de Souza a sete anos e quatro meses e sete anos e oito meses de reclusão, respectivamente, pelos crimes de tortura e roubo.

A decisão é da juíza Anna Paula Gomes de Freitas, da Segunda Vara Criminal da Comarca de Tangará da Serra (a 239 km de Cuiabá).

A vítima foi o mecânico João Paulo Andrade da Costa. O crime ocorreu no dia 3 de dezembro. Os dois condenados foram até oficina onde a vítima trabalhava para cobrar uma dívida, por meio de violência física, verbal e tortura.

LEIA TAMBÉM

O crime foi gravado e compartilhado as redes sociais. As agressões teriam continuado mesmo depois da vítima ter oferecido bens para serem levados como pagamento da dívida

A pena será cumprida em regime semiaberto e ambos poderão recorrer em liberdade, por serem réus primários na forma da lei.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAjuda ao prefeito
Próximo artigoEmpresas podem ficar de fora da dívida ativa durante a pandemia