Júlio Campos não descarta fusão entre DEM e PSDB

Ex-governador alerta que em outros estados pode haver dificuldade na relação entre membros das duas legendas

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Militante histórico da política em Mato Grosso, o ex-governador Júlio Campos (DEM) não descarta a fusão entre o PSDB e DEM. Segundo o democrata, não há nada que impeça a junção das duas legendas e ele destaca que os dois partidos são aliados históricos em nível nacional, já que estão juntos desde a eleição de 1994. No entanto, destaca que em estados como Goiás é possível que haja divergências.

Em Mato Grosso, Júlio diz que o governador Mauro Mendes (DEM) e o ex-governador Pedro Taques (PSDB), que hoje estão em lados opostos, começaram juntos na política com o movimento Mato Grosso Muito Mais, em 2010, quando o tucano, então no PDT, foi eleito senador e Mauro Mendes, então no PSB, foi derrotado por Silval Barbosa na disputa ao governo do Estado.

“Não há tanta dificuldade em nível nacional, mas há dificuldades em nível regional, aqui mesmo em Mato Grosso, nós temos dificuldades. O ex-governador, contra o qual disputamos a eleição há um ano atrás, está no PSDB e é um entrave”, disse Júlio Campos.

Para ele, há dificuldade, mas não insuperável. Destaca que em Goiás é mais difícil, porque o governador Ronaldo Caiado (DEM) é adversário de Marconi Perillo (PSDB) e eles disputaram dez eleições um contra o outro. “É um assunto a ser trabalhado no longo prazo”, disse.

Se fundirem, o novo partido deve se tornar a maior força na Câmara dos Deputados, já que cada legenda tem 29 parlamentares. Os dois partidos passam a ter 14 senadores, também formando a maior bancada da Casa.

Além disso, hoje o DEM comanda as duas Casas do Congresso Nacional, com o deputado Rodrigo Maia (DEM) à frente da Câmara e Davi Alcolumbre (DEM) à frente do Senado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorHomem assalta motorista de aplicativo, mas polícia consegue rastreá-lo
Próximo artigoFeiras, shows e espetáculos movimentam o fim de semana

O LIVRE ADS