Juízes vão ao CNMP contra promotor do Gaeco em MT

Promotor disse, em grupo de mensagens, que o MP é maior que o Judiciário. Segundo ele, juízes de MT estão "abaixo da média"

O presidente da Amam, José Arimatéa (Foto: Divulgação)

Os juízes de Mato Grosso não deixaram barato a manifestação do promotor de Justiça César Danilo Novais, integrante do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), na qual ele disse que o MP “é muito maior que o Judiciário” em Mato Grosso.

Depois de emitirem uma nota pública de repúdio ao comentário, feito em um grupo de WhatsApp, eles entrarão com uma representação no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

De acordo com o presidente da Associação Mato Grossense dos Magistrados (AMAM), Arimatea Neves, a representação será protocolada entre esta sexta-feira (23) e a próxima segunda (26).

“Já está tudo pronto, vamos protocolar”, disse o juiz ao LIVRE.

Em sua mensagem, César Danilo Novais disse que o MP é maior que o Judiciário “moral e intelectualmente”. “Aliás, o Judiciário aqui (em Mato Grosso) é muito abaixo da média”, prosseguiu o promotor.

A fala foi revelada no dia 10 de março, e causou repercussão negativa tanto na magistratura quanto entre advogados.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDelegado nega suborno em vídeo e lamenta: “acontece muitas vezes”
Próximo artigoGoverno publica nova lei do Susaf