Juíza manda intercept corrigir matéria de “estupro culposo” por sensacionalismo

Se a ordem for descumprida, o site The Intercept terá que pagar multa diária de R$ 1 mil por ofender a imagem dos envolvidos

(Foto: Reprodução)

A juíza Cleni Serly Rauen Vieira determinou que o portal The Intercept corrija a matéria sobre o caso envolvendo o empresário André de Camargo Aranha e a modelo Mariana Ferrer.

A justiça avaliou que as reportagens do Intercept sobre a absolvição do empresário André de Camargo Aranha, acusado de estupro de Mariana Ferrer, foram “sensacionalistas e parciais”. Com isso, ofenderam a imagem e a honra do promotor Thiago Carriço de Oliveira.

No processo, a juiza ainda alega que a reportagem pode ter também manchado a imagem do empresário André de Camargo Aranha, que foi absolvido no processo.

Caso o portal decida não cumprir a determinação da justiça, o Intercept terá que pagar multa diária de R$ 1 mil.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorComo celebrar as festas de fim de ano e passar as férias de forma segura? Veja dicas
Próximo artigoFilho expulsa mãe de 62 anos de casa e ela está morando em ponto de ônibus