Juiz manda reabrir CPI

Câmara de Cuiabá tem 48 horas para escolher quem vai investigar prefeito

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O juiz Wladys Roberto Freire do Amaral determinou que a Câmara de Cuiabá reinicie, num prazo de 48 horas, a investigação contra o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) que ficou conhecida como CPI do Paletó.

O presidente da Câmara, vereador Misael Galvão (PSB), foi notificado da decisão na manhã desta quinta-feira (19). No despacho, o juiz também ordena que novos membros sejam escolhidos para a CPI.

Faziam parte da comissão os vereadores Adevair Cabral (PSDB) e Mário Nadaf (PV), presididos pelo vereador Marcelo Bussiki (PSB). Cabral e Nadaf, no entanto, assinaram o requerimento para a instalação da CPI somente após o documento já ter sido protocolado.

Na época, os autores do pedido de CPI viram uma “manobra” da base na Câmara para evitar que um parlamentar de oposição fosse o relator da investigação. A tese foi acolhida pelo juiz Wladys Roberto Freire do Amaral.

Além da notificação judicial, Misael recebeu um pedido por escrito do vereador Diego Guimarães (PP) para compor a CPI a partir do momento em que ela for reaberta. Em nota, o presidente da Câmara disse que vai tomar uma decisão após se reunir com a procuradoria da Casa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAbertas as inscrições para bolsas de estudo integrais no curso superior de Agrocomputação
Próximo artigoTemporada Gourmet doará R$ 1 para instituições de ensino a cada prato vendido

O LIVRE ADS