Juiz aposentado morre de covid

Elinaldo Veloso Gomes estava internado há 5 dias em um hospital de Cuiabá

O juiz aposentado Elinaldo Veloso Gomes morreu na manhã desta quarta-feira (17) devido à complicações da covid-19. O magistrado tinha 77 anos e estava internado na UTI de um hospital da Capital há cinco dias.

Divorciado, o magistrado deixa três filhos: a desembargadora do TRT 23ª Região Eliney Bezerra Veloso, a médica Kátia Veloso e o advogado Herman Veloso, além de cinco netos.

Não haverá velório. Ainda não estão definidas informações sobre o sepultamento.

Natural de Timbaúba (Pernambuco), o Elinaldo Veloso foi nomeado juiz substituto em 20 de novembro de 1988 e tomou posse em 4 de dezembro de 1988.

Ele atuou nas comarcas de Tangará da Serra (1ª Vara Cível), Sinop (1ª e 2ª Varas Cíveis), Rondonópolis (1º Juizado Especial), Várzea Grande (Vara da Infância e Juventude) e Cuiabá (7ª, 16ª, 1ª e 9ª Varas Cíveis). Ele se aposentou em 5 de abril de 2013.

A Presidência, a Vice-Presidência e a Corregedoria-Geral da Justiça, assim como todos os colegas magistrados e servidores que atuaram com o magistrado ao longo de décadas, lamentam profundamente a morte do juiz e expressam solidariedade à família neste momento de dor e luto.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPesquisa aponta que namoro online pode manter saúde mental na pandemia
Próximo artigoPai e madrasta viajam e deixam criança sozinha em casa