Jovens danificam casa alegando que vizinho “fez trabalho” contra a mãe deles

Eles ainda passaram a mão nos seios da sobrinha do vizinho, de apenas 15 anos

Imagem ilustrativa / Pixabay

Um jovem de 18 anos foi preso e um adolescente de 15 apreendido após invadirem a casa de um vizinho de 34 anos e danificarem a residência alegando que o homem seria praticante de candomblé e teria feito um “trabalho” que estaria prejudicando a mãe do acusado de 18 anos.

O caso aconteceu no Bairro Cohab Cristo Rei, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), por volta das 06 horas desse domingo (14).

A Polícia Militar foi acionada pela vítima, que disse que os suspeitos invadiram a casa e começaram a danificar as coisas sem nenhum motivo.

O rapaz de 18 anos, ainda teria passado a mão nos seios da sobrinha do dono da residência, uma adolescente de apenas 15 anos, que saiu correndo e pediu socorro.

Após ouvir a vítima, os policiais saíram em busca dos suspeitos e os encontraram na rua. Eles assumiram os danos e o abuso, usando como justificativa o suposto “trabalho” religioso.

Os dois foram detidos e, até mesmo na frente da polícia, tentaram intimidar a adolescente dizendo serem membros de uma facção criminosa e que o tio dela iria morrer.

O caso foi registrado como dano, ameaça, importunação sexual, ultraje a culto e impedimento ou pertubação, praticar contra alguém, e sem a sua anuência, ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiros, e promover ou constituir organização criminosa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMulher é raptada, agredida e estuprada por três homens em Cuiabá
Próximo artigoJovem alcoolizado entra no Rio Cuiabá e morre afogado